Projeto de Lei pretende transferir o prêmio da loteria não resgatado para a saúde pública

O Projeto de Lei nº 1137/21, que está em tramitação na Câmara dos Deputados, determina que durante a pandemia de Covid-19, todos os prêmios da loteria federal não resgatados pelos ganhadores serão transferidos para a Fundação Nacional de Saúde (FNS).


Segundo a proposta, que trata das loterias citadas na Lei 11.343/06, como Mega Sena, Timemania, Loteca e Federal, os recursos deverão ser destinados ao combate ao coronavírus, preferencialmente para a compra de vacinas.

Atualmente, os prêmios da loteria federal não resgatados são destinados ao Fundo de Financiamento Estudantil (FIES). De acordo com o deputado Aureo Ribeiro (Solidariedade - RJ), autor da proposta, o valor dos prêmios não retirados somaram R$ 312 milhões em 2020.

Na última quarta-feira (31/03) findou-se o prazo para um dos ganhadores do último sorteio da Mega da Virada resgatar o seu prêmio. O felizardo levaria para casa o montante de R$162,6 milhões. O prêmio foi direcionado para o Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), que está vinculado ao Ministério da Educação.

Siga @noticiasdaadvocacia e ative notificações para saber as novidades sobre Projetos de Lei e não se esqueça de usar a hashtag #noticiasdaadvocacia ao compartilhar o conteúdo nas redes sociais!


3 visualizações